28/02/10

Obrigado lagartagem (ver post anterior)

OK, muito bem, cumpriram, mas agora voltem lá à vossa luta pelo 4º lugar, OUVIRAM?

Acreditem que só têm velhos rejeitados pelas outras equipas e caceteiros!!!

Agora uma análise profunda do jogo:


- Izmailov, o homem que não ri, ainda não foi neste jogo que o fez. Incrível.


- João Pereira afinal também ri sem ser a gozar com o árbitro


- Bruno Alves deu entrevista no final do jogo, dizendo algo que ainda não tinha ouvido um futebolista dizer: - Não vamos atirar a toalha ao chão.


- Carvalhal com várias tareias no lombo, afirmou com muito orgulho que o Sporting ganha a qualquer adversário em qualquer campo ...



- Jesualdo Ferreira deu um show de arrogância na entrevista final. Quando se ganha a arrogância chama-se José Mourinho, quando se perde, chama-se má criação.
(Aqui para nós, acho que deixei de gostar de ver jogar futebol. Dou por mim desejoso que um jogo acabe quando o Benfica está a ganhar apenas por 1)

Lagarto por um dia

A raça daquele puto que roubámos ao Braga e ao Benfica, o João Pereira.

O incansável Pedro Mendes que desviámos das Antas.

O João Moutinho que palmilha quilómetros, na ânsia de chegar a Itália.

E o Liedson que faz do Luisão um Luisinho, sobrinho do Pato Donald.


Força lagartagem, ajudem o meu Benfica!


... e lembrem-se, "pior do que inimigos, eram irmãos"


27/02/10

Scorsese andou por cá ...

Ontem, mais uma pérola caiu no meu prato - o filme "Shutter Island".
Um produto Martin Scorsese interpretado por Leonardo DiCaprio que não é propriamente uma comédia.
Uma ilha escura, um presídio para loucos perigosos, traumas do nazismo onde o "Macartismo" se sente como peixe na água.

Mas não vou enveredar pela crítica de cinema.
Por acaso até podia. Num país em que Vasco Pulido Valente é ouvido, porque não?

Scorsese teve como consultor o psiquiatra James Gilligan, que foi diretor de um manicômio judiciário em Massachusetts.
Tinha andado melhor se gastasse mais uns cêntimos e arranjasse um consultor náutico - um farol no sopé da escarpa, só serve para iluminar o naufrágio ...


Naquela ilha-manicómio os loucos parecem ser os únicos em que se pode confiar.
Vale a pena ver, nem que seja por nos fazer lembrar este jardim à beira-mar plantado ...

26/02/10

Um país de "cartoons"


A proliferação de escutas, algumas das quais são uma clara intromissão na vida pessoal e na actividade política, são altamente preocupantes. Nesta roda livre, é razoável suspeitar que podem ser utilizadas como pressões e chantagem políticas.

A sua divulgação pública e a incapacidade de o evitar, fazem do segredo de justiça uma bola de trapos.

Contudo, só nos afundamos completamente neste mar de dejectos quando tomamos conhecimento dessas escutas. É o abastardamento completo do serviço público, do respeito mínimo pelos contribuintes ou simplesmente pelas pessoas.

Contudo, contudo, contudo

só conhecemos o conteúdo das escutas que o 4º poder nos quer pôr em frente do nariz, devidamente escudado pelo poder económico.

A lixeira está a transbordar, mas aguenta sempre mais umas investidas.

Por exemplo a da publicidade institucional, a arma letal usada pelo poder para meter na ordem a comunicação social mais "inconsciente".

Como diz o colunista Pereira Coutinho:
«Quando o órgão é manso recebe o seu biscoito. Quando o órgão ladra e morde, a ração é controlada»

O governo, meses depois de ser interpelado na Assembleia da República, diz que não sabe quanto gasta em publicidade institucional.

PRONTOS(...) FICAMOS POR AQUI E NÃO HÁ MAIS CONVERSA!

25/02/10

24/02/10

Quando cavalheiro já é insulto



Cardoso Jardim já leu a sentença:

- Declarações fora do contexto

- Aparecem sempre uns indivíduos ...

- Se quiser processar alguém, vá processar os deuses da natureza, o Dr. Salazar e o Rei D. Carlos

- Ele fica entretido nisso

- Tirem-me este cavalheiro daqui o mais rápido possível.

Conhecemos a história que se segue. Telefonemas, pressões e insultos!



Casa cheia de embrulhos


Portanto se, além do PS, o PSD também é envolvido no mesmo embrulho, é evidente que tudo se encaminha para um acelerado esquecimento.

Mesmo assim, a "máquina" ainda demorou uns dias a arranjar uma saída...

OK, OK, nós sabemos que vocês estão com a casa cheia destes embrulhos!

22/02/10

Solidariedade

Aos meus amigos da Madeira e aos donos de blogues da Madeira que mutuamente nos visitamos:
- A minha solidariedade!

Se estivesse na Madeira e pudesse ser útil, dispunha-me a colaborar no que estivesse ao meu alcance e não teria tempo para mais nada.
Não estou e por isso sobra-me tempo para meditar e criticar, o que não pode ser confundido com qualquer atitude indecente de exploração da tragédia.
A condição morfológica da Madeira já provou ser bastante susceptível a este tipo de catástrofes. Outros locais, no Continente e nos Açores deviam aprender a dolorosa lição.

Os actuais governantes não quiseram ouvir, apesar de tudo isto.
Em 2007, dizia a Quercus:
Apesar de, ao longo da história da ilha da Madeira, existirem inúmeros exemplos de cheias que resultaram na perda de centenas de vidas humanas e bens materiais avultados, hoje os leitos das ribeiras continuam a ser canalizados e mesmo cobertos, aumentando o risco de transbordo em dias de forte pluviosidade.

A recuperação das áreas danificadas é uma boa fase para pensar o futuro.
O que não é muito sensato, são os apelos para que ninguém saiba o que se passou na Madeira.

Pela cara do Ministro da República, foi uma declaração de bradar aos céus ...

20/02/10

Um bom teste à justiça portuguesa




Fernando - sois Nobre?

«Eu sou alguém que nunca pertenceu a nenhum partido político», distanciou-se Fernando Nobre

Fernando Nobre inspira-me simpatia e seriedade.
Contudo, este sentimento de proclamar que não tem responsabilidade pela situação actual, porque nunca pertenceu a nenhum partido político, é um sinal de entrada na campanha política das presidenciais pela porta adorada pelos partidos - O POPULISMO.
Nem todos os políticos dos partidos têm responsabilidade directa neste caldeirão de descrédito, mas nenhum cidadão deve pôr-se de fora da responsabilidade indirecta por esta situação.


Gostava de saber se Fernando Nobre é um assumido monárquico, como apregoa a Causa Monárquica
Se fôr, esqueça a minha simpatia, porque não alinho em conceitos que aceitam que um homem tenha "sangue" diferente dos outros homens.
Se não fôr, porque espera para o desmentir, tal como se apressou a dizer em relação aos partidos "republicanos"?


A escolha do Padrão dos Descobrimentos como local de apresentação da candidatura, não sendo da minha eleição, deve ter deixado Manuel Alegre com água na boca ...

19/02/10

Terrível acidente de laboratório

Hulk apanhou 4 meses

Confirma-se o terrível acidente do laboratório de Pinto da Costa.

Hulk tinha sido computarizado para enfiar uma coisa redonda na baliza do Benfica.

Contudo, talvez por excesso de "fruta" nos ingredientes, enfiou uma coisa redonda na testa de um segurança.

18/02/10

Uma 5ª feira de dúvidas

Benfica na neve - Vamos ver se brasileiro é ou não é pinguim. Jesus diz que pinguim não usa collants

Nove generais, três almirantes, dez coronéis, um capitão mor, um tenente-coronel e um comandante são contra o casamento entre homossexuais
Em Espanha, o primeiro casamento entre militares do mesmo sexo foi em 2006

Os militares conservadores, que condenam a participação dos militares na discussão dos seus problemas sócio-profissionais, não têem pejo de falar em nome dos militares de Abril e usar o seu posto como forma de pressão sobre a sociedade.
Continuaremos no extremo da Europa, orgulhosamente sós?

A vingança do chinês, digo, de Mário Soares.
Soaristas desmentem que tenham empurrado Fernando Nobre para a candidatura a Belém . Então não há dúvidas que lhe deram um grande encontrão...
Alegre apoiado pelo BE e Fernando Nobre pelo PS, será um cenário para o Inimigo Público.

Administrador executivo da PT demite-se, na sequência das buscas da Polícia Judiciária no âmbito do processo "Face Oculta", mas declara-se totalmente inocente. Apeteceu-lhe demitir-se ...
Teremos finalmente uma Face cada vez menos Oculta?

17/02/10

Não conhecemos o sabor da derrota




Everton 2 Sporting 1
"Sporting tem assim a porta aberta para passar" (A Bola)

Porto 2 Arsenal 1
"Porto em vantagem" (A Bola)

16/02/10

Sócrates afinal é a própria Fonte Luminosa

36 anos depois da tomada de posição espontânea designada "Brigada do Reumático", Sócrates convoca os seus "generais" e é surpreendido por várias manifestações espontâneas de apoio.

Vão tirar faltas:


Vão todos repetir em coro que há liberdade de expressão:
Vitalino Canas acha ser necessário "desfazer uma certa imagem [falta de liberdade de expressão] que não corresponde à realidade do partido".

Ao mesmo tempo, multiplicam-se as manifestações espontâneas:

NA ALAMEDA DA FONTE LUMINOSA A 20 DE FEVEREIRO para "repudiar esta campanha suja contra o PS e contra Sócrates"

MANIFESTO contra o "chocante julgamento popular" do Primeiro Ministro.
Se quiser meter a comunicação social na ordem, subscreva o Manifesto dos militantes do PS em http://tomamospartido.blogspot.com/


EU JÁ SUBSCREVI:


15/02/10

Viva a festa do futebol



O PS estava em larga vantagem no marcador mas o PSD, num esforço notável para chegar ao empate, introduziu 3 cheques no banco com outras tantas jogadas de Santana Lopes.

Agora, toda a investigação fica desorientada e Manuel Godinho será sério candidato a Comendador.

Paciência aos Domingos

Finalmente percebe-se a insistência do treinador Domingos Paciência em alertar para os jogos que se ganham fora das 4 linhas de jogo !!!



Se ele não tivesse saído de Vilar de Maçada


Apoiantes de Sócrates prevêem uma espectacular jornada de apoio a Sócrates.


Decidiram convocá-la por sms e para ter sucesso garantido o Cajado sugere que refiram apenas "Estás convocado para manifestação a Sócrates"

Milhares de pessoas irão comparecer, faça chuva faça sol, pensando que é para devolver José a Vilar de Maçada, onde poderá rever a sua pós-graduação em Gestão de Empresas e manter a face oculta.



12/02/10

E os outros, pá?


Esfomeados, já não se contentam em alimentar-se das agências de comunicação para transformar Portugal num grande pasto pleno de rebanhos cada vez mais esqueléticos.

Saltam para a garupa dos órgãos de comunicação e levam-nos para a sua quinta.


Jornais e estações de televisão, além da transmissão de notícias, são a própria notícia.


Travestidos de representantes da Democracia, não passam de angariadores de influencias em benefício do partido, do qual se servem para tentarem perpetuar-se na cadeira e no banco do poder.


E os outros, pá?

Os que fazem parte do plano periódico de lhes colocar o cheque na urna?

Desprezam-nos, insultam-nos e ... alimentam-nos.


Um imenso futebol, que enriquece minorias à custa da multidão espectadora!

10/02/10

Pode seguir Sr. 1º Ministro

Tenho de ir embora, senhores - Sócrates para os jornalistas


Uma rajada de esperança varreu o país por alguns segundos.


Afinal, era apenas uma fuga aos jornalistas.

Sócrates acumula com a regularidade de um relógio suíço, acusações das quais se defende com a fiabilidade de relógio de loja de chinês.

A divulgação pública de escutas comprometedoras é intolerável. Um crime como ele próprio diz.

Mas a repetição regular e mediática desses crimes deve ser analisada.

A justiça deve actuar sobre esse crime da divulgação e sobre o seu conteúdo.
A política através dos seus representantes, já devia ter actuado.

Este 1º Ministro deve demitir-se ou ser demitido, em última análise porque é responsável político por uma administração pública que comete sistematicamente os referidos crimes e mostra total incapacidade para os punir e impedir a sua continuação.

E deixamos de fora as razões de fundo ...

Um buraco onde caíram os lagartos


09/02/10

O Príncipe sonha mas atenção à Vigia

Ainda fresquinho, este video do Principado do Forte de S. José.

O Príncipe, modesto no seu manto, é extremamente ambicioso nas suas aspirações.

Exige o direito de sonhar na Ilha da Madeira!

08/02/10

Fraternidade insular


"Compromisso político (de Cardoso Jardim) é mais siciliano do que italiano" - Carlos César

"Eu já não respondo mais aos disparates do presidente do Governo dos Açores, porque não tem categoria para eu lhe responder", resposta de Cardoso Jardim




06/02/10

46664

Invictus é um filme de uma força extraordinária.
Já não me lembrava de, no final de uma sessão, as pessoas permanecerem sentadas deliciando-se com a música de fundo e revendo algumas imagens do filme.
E não foi na Cinemateca ... foi numa sala de cinema dos subúrbios.



Morgan Freeman encarna o espírito de Nelson Mandela ou Tata ou Madiba ou simplesmente 46664 (o preso nº 466 de 1964).
Nestas 2 imagens podemos também ver as semelhanças físicas.



Fiquei espantado quando li uma "crítica" ao filme. Eu sei que têem de escrever algo contra-corrente para ganhar a vida, mas assim vão acabar na "sopa dos pobres".
Classificam o filme como "uma desilusão" porque

Há carros a mais em "Invictus", um filme em que o râguebi que se joga é fraco.

Descobriram um pequeno Hyundai Getz, lançado 7 anos mais tarde em relação ao período em que decorreu a acção !!!!

Os jogadores-actores fogem aos contactos e o pontapé de saída uma desgraça !!!

Aconselhamos este crítico a dedicar-se a analista político. Pode ser que descubra que afinal havia uma dourada no meio dos robalos do "suborno" de Armando Vara.

04/02/10

Bolachinhas e águas do Luso

Os anciãos do rectângulo e perigosos microcosmos adjacentes, reuniram-se solenemente.
Tudo correu ao gosto do Presidente - morno, fechado e cheio de sinais.

O texto final deixou nos portugueses um largo suspiro de alívio:
“O Conselho de Estado reunido hoje faz votos para que predomine na Assembleia da República o espírito de compromisso e de diálogo paciente e frutuoso que permita ao país enfrentar os desafios estruturais que tem à sua frente".

Os portugueses perguntarão se foram precisas 5 horas para chegar a este estrondoso consenso.
Na mesma linha esclarecedora, Sócrates declarou, à saída, que "correu muito bem" e Cardoso Jardim proferiu qualquer coisa sem sentido.

Ficaram os tais sinais.
Acalmar os ânimos, aguentar Sócrates (que jura nunca ter dito que saía), aguentar a derrapagem da dívida pública e da bolsa de Lisboa, sem esquecer de aguentar o cisma da Madeira.
Muito bem.
Mas fica o contra senso do Presidente ter afirmado recentemente que o estado das finanças públicas empurram o país para "uma situação explosiva".


Sinais contrários ... apesar de ponderados, ponderados, ponderados.



Então o que sobressai desta cimeira de anciãos?






Cavaco Silva e José Sócrates olham para o mesmo lado
numa comunhão de salvação nacional










A mensagem de austeridade e bom senso passada ao país, de um grupo de anciãos conversarem amigavelmente durante 5 horas, alimentados a bolachinhas e água do Luso.






A pergunta:

- Se o artº 142º da Constituição estipula que o Conselho de Estado é também "composto por cinco cidadãos eleitos pela Assembleia da República, de harmonia com o princípio da representação proporcional, pelo período correspondente à duração da legislatura", qual a razão porque 20% da representação parlamentar (BE/CDU) não está lá representada?

Ah, sim, era uma reunião amigável de anciãos ...

02/02/10

Alimentem-nos bem!

Interrogo-me frequentemente da razão pela qual o eleitorado vota em líderes partidários que mentem ou, no mínimo, apresentam argumentos destituídos de qualquer seriedade.





Blair tinha um plano secreto para remover Saddam do poder, ainda antes do atentado de 11 de Setembro de 2001.

Este Tony declarou na 6ª f à Comissão de Inquérito que só depois do 11 de Setembro tomou consciência do perigo que o ditador iraquiano representava para o mundo.

Já cheirava a petróleo!



Sócrates I prometeu milhares de empregos no governo anterior. A culpa foi de quem o antecedeu.

Sócrates II comunicou antes das eleições que o défice ficaria pouco acima dos 1.5% . Ficou nos 9.3% e não pode atribuir culpas à herança do governo anterior.

Teixeira dos Santos diz que o valor do défice foi uma surpresa para ele.

Sócrates III diz que o défice subiu por decisão do governo!


01/02/10

Onde chegámos!

Significativo!
Mário Crespo já está classificado como um perigoso "alvo a abater".
John Wayne Sócrates não fazia nem um filme indiano, quanto mais um "western"



BPI, perdoa-lhes porque não sabiam o que faziam

"Perdoai-lhes que não sabem do que falam"
Ulrich critica assim os impostos aos bónus dos gestores

Diz ainda ter orgulho de fazer parte de uma equipa de gestão que pôs esta política de remuneração em prática.

Fernando Ulrich era um simples jornalista do Expresso, quando António Domingues (à sua direita) era um fervoroso militante do MRPP e José Pena Amaral (à sua esquerda) um idealista
do MES.
Na data ainda não sabiam do que falavam ...

Contador

A revolta da chibata (ver primeiro post sobre o tema)

Loading...

O poder da mente

O poder da mente
Nós os iluminados

Arquivo do blogue

A vitória do Ponto e Vírgula

Ressuscitemos a célebre exclamação - "Isso agora, ponto e vírgula".
Esta frase de cariz popular, representava uma forma simbólica de dizer que levantava muitas objecções e exigia explicações a algo que lhe merecia desconfiança.
Regresse o "ponto e vírgula" como forma de dizer BASTA!

Apareçam sempre por aqui!

Na dita Madeira profunda

Na dita Madeira profunda
Bela homenagem (Março 2004)