31/05/10

A bucólica corrida das presidenciais


Última chamada para os tacos de partida das presidenciais.


Pista 1 - Cavaco vai correr junto à corda, conhece o caminho e apesar de ter tido recentemente uma lesão nos membros direitos, sabe que pode confiar neles.

Pista 2 - Um Nobre de elevada estatura ética e moral, prejudicado por saber que não existe sangue azul de reserva no caso de qualquer lesão grave. A sua indefinição política pode levá-lo a procurar a meta na Pista 1, o que o desclassificará.

Pista 3 - Manuel apoiado pelo BE e Alegre apoiado pelo PS. O Presidente deste partido (Almeida Santos) pergunta, se o PS não apoiar Alegre quem vai apoiar. Com apoios "convictos" como este, o melhor é correr de costas para evitar punhaladas.

Pista 4 - O PC está nos balneários a fazer votações de braço no ar para empurrar uma vítima para a corrida. Mais um velho ...


Com o Mundial de futebol à porta e com o 1º Ministro a querer embrulhar o Chico Buarque, quem quer saber de uma corrida de veteranos da desacreditada política portuguesa?

29/05/10

Dia de ovnis


300 mil na rua e ...


... Secretário-Geral da UGT diz que manifestação pode ser prejudicial à imagem do país


... deslocado no tempo e no regime, realizou-se na Academia Militar o juramento de bandeira dos cadetes do Curso do Tenente-General António Costa e Silva, 1º Visconde de Ovar

28/05/10

A geminação entre George Town e Garden Town

O Estado Português retirou as Ilhas Caimão da "lista negra" dos paraísos fiscais.

Argumento do Ministro das Finanças:
- O acordo assinado com as Ilhas Caimão (e também com as Bermudas) constitue um instrumento legal que habilitará as autoridades portuguesas a solicitar às autoridades competentes das Ilhas Caimão elementos relevantes para o combate à fraude e evasão fiscal.


Afigura-se que este argumento serviria para assinar acordos com a maioria dos paraísos fiscais.

Porquê a escolha deste alvo?

Será porque constitui um entreposto para o dinheiro que circula a partir da Madeira?

Afinal a genuflexão ao colonizador também pode ter sido de alívio face a eventual enxurrada fiscal

27/05/10

Ministra da Falta de Trabalho

A Ministra do Trabalho, esgotados os argumentos para explicar a vergonhosa decisão de obter mais 151 milhões daqueles que estão nas franjas da nossa sociedade, referiu que "era uma opção política".
É precisamente esse o problema. A política de pressão de uma classe social e económica sobre a classe dos desesperados. Há abusos e injustiças? Claro que sim, mas a solução não poderá ser igualmente injusta e socialmente abusiva.

O Ministro da Presidência vai mais longe:
- O que é normal nas medidas excepcionais é que elas não durem sempre e que haja um processo da sua eliminação progressiva.


Não haja dúvida que, com o desemprego estabilizado acima dos 10% em 2010 e 2011, é a altura ideal para retirar direitos aos desempregados, obrigando-os a ir procurar emprego.


Aonde?


Problema deles !


Está na altura de Sócrates distrair as atenções e dar a benção à esquerda, anunciando a decisão já tomada há longo tempo - o apoio a Manuel Alegre, fazendo figas para que não seja eleito.


Entretanto, vejamos qual a dimensão e respectivas consequências da manifestação de 29 de Maio. Aguardemos...

26/05/10

Na rota de Cabo Verde

Falemos de futebol.

Dentro de dias assistiremos ao maior fenómeno da globalização. Um número incalculável de olhos estarão presos ao trajecto de uma bola pontapeada por milionários.

Por cá, perspectivam-se alguns cenários:

Hipótese A -Portugal ganha o campeonato do Mundo

Consequências - Cristiano aumento o seu leque de escolha de namoradas; Sócrates cola-se à vitória e cavalga a crise até lhe apetecer; Cavaco é reeleito à 1ª volta

Hipótese B - Portugal fica nos quartos de final

Consequências - Cristiano é obrigado a recorrer ao seu albúm de antigas admiradoras; Sócrates cola-se ao bom resultado, mas é cavalgado pela crise; Cavaco fica nos quartos de final

Hipótese C - Portugal não passa da 1ª fase

Consequências - Cristiano marca uma consulta de disfunção eréctil; Sócrates regressa aos seus trabalhos de técnico na Câmara da Covilhã, abandonando de vez o revestimento a azulejo dos projectos das suas casas; a 1ª dama lembra a Cavaco que herdou uma bomba de gasolina em Boliqueime.


Força Queiroz, Cabo Verde foi só o primeiro passo!

24/05/10

Os vapores da crise

Foi gratificante trocar breves opiniões com Edmundo Pedro, nonagenário que mantem a fibra e não tem a internet como um ovni.

Dos 17 aos 27 anos no Tarrafal é obra, mas não lhe levaram a capacidade de pensar e resistir.

É um prazer ouvir testemunhos vivos duma época vergonhosa.


Minutos mais tarde estava no Emanatório. Um espaço de 21m2, medidos a olho, onde nos fecham individualmente para usufruir de vapores termais a uma temperatura elevada.

Espaço espartano, com um banco e um intrigante cabide (intrigante porque o nosso único apetrecho é o calção de banho). Um fio dependurado do tecto é a única ligação para regressar aos vivos. Para não esquecermos que estamos em Portugal, a peça histórica do "escarrador", invenção que sempre nos colou à idade média...

Durante 15 longos minutos a deambular nos 21m2 e com uma montanha de imaginação, usufruímos do desespero do condenado a anos de cadeia em clima africano.

Abrem-nos a porta para recuperar a liberdade.

Nem precisámos da alvorada do 25 de Abril.

Regresso ao convívio da sociedade, trocam-se opiniões, não há motivos para satisfação. Pessoas de perfil conservador, carregados de idade, dizem que Salazar não era assim tão mau.

Está longe a alvorada, é um triste fim de tarde deste 25 de Abril.

21/05/10

Indo eu, indo eu

Recentemente foi aqui colocado um "post" sobre os obstáculos a vencer para obter o Cartão do Cidadão no Seixal.

Duas tentativas às 0930 e 0915 de dias diferentes e o mesmo recado:- As senhas para o dia já estão esgotadas!

Marcação pela internet, a mesma frustração.


Tendo passado por Viseu resolvi experimentar a minha sorte.

Cerca das 15.30 dirijo-me à Loja do Cidadão.

Retiro uma senha para o efeito e cerca de 4 a 5 ... segundos, dlim-dlom, senha 40 balcão 2.

Era a minha! Pensei que havia engano. Talvez pelo meu ar de espanto sou "socorrido" por um segurança que me indica o balcão 2.

Depois, simpatia e mais simpatia.

Vou esperar que enviem para minha casa o documento para ir levantar o meu perseguido Cartão do Cidadão.

Ou será tudo encenação, como as juras de amor eterno ao povo do 1º governante?


Na mesma Loja do Cidadão em Viseu resolvi testar ainda a minha sorte.

Tentar o Abate de uma viatura que já não era minha há 18 anos.

Desde que me lembrei de tratar do assunto até ter o documento comprovativo do Abate, passaram cerca de 4 minutos!!!


Era demais!

Perguntei se, à semelhança do Livro de Reclamações, não haveria um Livro de Satisfação.

Trocámos agradecimentos e sorrisos, achámos que era uma boa solução.


Se um dia passar por Viseu, aproveite para tratar dos assuntos que há anos tem na gaveta.

Talvez até já tenham um Balcão para mudar de 1º ministro!

20/05/10

Verdade/Mentira distanciadas 10cm


A informação já faz parte do ar que respiramos e da droga que consumimos.

Quem domina a informação é um privilegiado. Tudo depende do destino que lhe dá. Em 90% dos casos é em proveito próprio, directa ou indirectamente.


Situemo-nos:

Caderno de Economia da última edição do Expresso.


Secção de Altos ... e baixos:

- Mota-Engil passou a ser a terceira que mais cai na Bolsa, a nível mundial ... no 1º trimestre apresentou lucros abaixo das estimativas dos analistas

O céu a cair em cima da cabeça de Jorge Coelho


Secção "A semana passada", 10cm ao lado da 1ª notícia:

- A Mota-Engil fechou o 1º trimestre com lucros de 3 milhões, um aumento de 26%. As receitas cresceram 2,6% para 495 milhões. Em Angola subiu 42% ...

A cabeça de Jorge Coelho acima do céu.


Espantoso!

A notícia é aquilo que convém a alguns. Por vezes esquecem-se de pagar para apagar outras notícias!

15/05/10

Livra

Este ainda é pior que o nosso Presidente com a história do Papa saber o nome dos netos ...


Tornar obrigatório a educação sexual resume-se a dizer: forniquem à vontade»

Que lata!




Então ele não sabe da nossa crise?

Ainda se tivesse pago com um pequeno milagre ...

Mas enquanto esteve por cá os governantes aproveitaram para malhar nos trabalhadores, por detrás do biombo!

14/05/10

4 de Outubro de 1910


Foi um momento de alguma emoção e que não irei esquecer. - Cavaco Silva
Afinal o nosso Presidente é capaz de transmitir sentimentos!!!

O Papa disse o nome dos meus netos.
Sabia o nome dos seus netos? - jornalista impaciente.

Não, não.
Quando eu chamava: - Mafalda! Ele repetia Mafalda.
Quando eu chamava: - Afonso! Ele repetia Afonso.

No dia em que o Presidente não quis falar das decisões de Sócrates/Coelho que afectarão principalmente os portugueses mais pobres!!!

Se a maioria dos portugueses for atrasada mental, está ganha a reeleição de Cavaco Silva.

13/05/10

Coerência maltratada

O deputado criticou ainda a “voragem economicista, senão mesmo contabilística, do Governo no encerramento de serviços públicos”, e “o desvirtuamento da manifestação da vontade popular”

Quem é este deputado?
Luis Montenegro do PSD nas comemorações do 25 de Abril de 2008

Site do PSD (hoje):

Agora vou pedir perdão às vítimas da Igreja


A hipocrisia do PSD













E O "MENIR DE OURO" DE HOJE VAI PARA ...

















ESTA PÉROLA DO SITE OFICIAL DO PSD:





" Apesar de todas as promessas e de toda a propaganda, a carga Fiscal aumentou ao longo dos últimos 4 anos, sendo bem o espelho do fracasso da política económica do actual governo"


E o que faz o PSD?


Logo que Sócrates dá a mão a Pedro Passos Coelho, subscreve e aplaude ... o aumento da carga fiscal!!!


12/05/10

Peregrinação administrativa

Modernização administrativa. Simplex.

Balelas de propaganda política ou então temos de optar por analisar segundo perspectivas terceiro-mundistas.

Depois de me ter confrontado várias vezes por não conseguir apresentar queixas, pedir certidões e muitos outros documentos através da internet, por me ver confrontado com a necessidade de possuir o Cartão do Cidadão, resolvi partir à aventura de o obter.

Conservatória do Registo Civil do Seixal era o local mais próximo.

Às 10 horas um aviso informava que já não havia senhas para tratar daquela preciosodade, mas na confusão de avisos "pregados" nas paredes descortinei que era possível fazer uma marcação para tratar do assunto.

Afinal isto funciona...

Ligação telefónica, espera, atendimento: - Não, só se quiser marcar para a Amadora.

-Amadora??!! Mas eu moro no Seixal!!

- (Silêncio)

- Obrigado

- Posso ajudá-lo em mais alguma coisa?

- (Ranger de dentes)


Voltei a apostar na deslocação ao local do tesouro. Desta vez, 15 minutos após a abertura da porta, não fosse o diabo tecê-las.

O aviso do dia anterior aparentava não ter sido mexido. A mesma fita-cola, a mesma agressão administrativa: - Já atingiu o limite de senhas (pareceu-me ver o gozo do funcionário ao escrever aquilo)
Faltou-me a coragem para fazer perguntas ou reclamações galgando por cima de uma muralha de figurantes desta modernização administrativa.
O "mercado" estava no auge, bafejado por uma excitante quebra do sistema informático:
- Têm de esperar que o sistema está "emperrado"
- Desliguem tudo e voltem a ligar é o que o meu filho faz com o computador
- Isabel, livra-te, que eu estou no meio de um texto
Deixei para trás o Cartão do Cidadão. Olharei, emocionado e com profunda admiração, os meus amigos que já são detentores daquela jóia.
Talvez um dia ...

10/05/10

O beijo do ministro

Os 100 mil que festejaram no Marquês a vitória do Benfica tinham uma surpresa ao chegar a casa:
- Ministro das Finanças admite (!!!) aumentar impostos.

Talvez na esperança que os benfiquistas chegassem a casa todos bêbados, o ministro escolheu cirurgicamente a ocasião.
Espere pela ressaca!

FCP festeja 3º lugar


Mais dias de férias, carago. Num bamos à Champeons.

08/05/10

Uma coisa chamada país

As fotos mentem?

Só se for por terem o crânio inclinado para a esquerda

29 de Maio

Andam por aí campanhas mortíferas.

A televisão pergunta-nos o que estamos dispostos a sacrificar para ajudar o país a sair da crise.
Recordemos que, substituindo "país" por "nação", já os mais velhos ouviram isto durante o salazarismo.
Os beneficiados já não são os mesmos, mas os filhos ou os herdeiros económicos.

O SIS prepara-nos para a necessidade de acções repressivas. Os camionistas, as associações anti-scut e esquerdas radicais já foram escolhidos como origens de uma escalada no clima de contestação social.
O conceito de esquerdas radicais será definido conforme as conveniências, tanto podendo começar em Manuel Alegre (!) como terminar na cabine telefónica da "Rede Libertária".
Como prova da necessidade daquelas medidas, José Sócrates tem sido ultimamente alvo de contestação agressiva em deslocações que tem feito pelo País ... !!!

Os economistas chamados a terreiro (de direita, porque parece não haver economistas de esquerda), alguns deles retirados do baú do salazarismo, tentam fazer passar a mensagem que temos culpas da crise porque o consumidor andou a gastar mais do que aquilo que ganhava.
Até o recente "movimento" de ex-ministros das finanças quer fazernos crer que não têm a mínima responsabilidade da situação económica nacional e que a culpa é da malandragem.

Vamos então fazer umas perguntas inocentes:
-Os bancos, mesmo no pico da crise, nunca pararam de apresentar milhões de euros de lucros, com a ajuda do Estado?
- Porque é que pagam menos impostos que os restantes portugueses e continuam a ter um tratamento de favor?
- Não foi a cegueira pelo lucro e a desregulação dos mercados financeiros que criaram as condições para que existisse tamanha irresponsabilidade dos bancos, ao ponto de colocar em risco a economia real?
- Quem é que adopta uma política de rendimentos que leva até Manuel Alegre e Cavaco Silva (imagine-se) a considerar escandalosos os prémios e salários dos Mexias desse outro país?
- Vitor Constâncio que aufere um salário superior ao do Presidente da Reserva Federal dos EUA, não se coloca na linha da frente para defender um aumento de impostos e de medidas drásticas de austeridade?

Não satisfeitos, exploram a velha campanha de colocar trabalhadores contra desempregados, explorando sentimentos menores e tentando destruir o espírito solidário desta sociedade.

Perante a realidade da crise instalada, os grandes grupos económicos querem aproveitar para recolocar a força do trabalho no seu lugar, ou seja, um recuo no tempo de 30 ou 40 anos de conquistas de direitos e de dignidade de vida.

Sócrates e P. Coelho já puseram o 2º pacote de medidas no forno.
Aguardemos a resposta que lhes vão dar na manifestação da CGTP de 29 de Maio.
Apesar das campanhas e das ameaças!

07/05/10

Um governo carunchoso

Estranhos tempos:


Em que um advogado, deputado do partido no poder e, pasme-se, cordenador da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, arrisca uma pena de prisão de 3 anos por furto simples; tem também pela frente uma queixa por atentado à liberdade de informação.


Neste hino à vergonha faltavam as cerejas em cima do bolo. No mesmo dia é eleito para o Conselho Superior de Segurança Interna e justifica-se alegando ter sido alvo de "violência psicológica".

Atenção camaradas amantes do alheio, aqui têm uma boa justificação apresentada por um reconhecido advogado...


Ainda no mesmo campo partidário mas na vertente governativa, a Ministra da Educação foi condenada por desobediência. Lindo exemplo!


Enquanto isto se passa, Sócrates passeia-se de mão dada com o líder da direita no funeral dos direitos de quem trabalha.

O grande poder económico acredita que isto vai entrar na ordem.

Os pobres que paguem a crise!

06/05/10

Nem morto


Este ainda é pior que o Benquerença a mostrar cartões.


Leva cartão amarelo por simular ... que estava morto. E estava!

05/05/10

A Europa a 2 velocidades: parada e em marcha-atrás

A esmagadora maioria dos portugueses ainda não se apercebeu que estamos perante um "pequeno" problema.


Para onde caminha a Grécia? Quem é que se segue?

A palavra crise está desgastada e bancarrota está banalizada porque até tem morada em vários números da nossa rua.

Contudo, na Grécia, o país nosso vizinho, economicamente falando, a banalidade anda desaparecida no meio dos cocktails molotov.

As poeiras do vulcão islandês ameaçam voltar, juntando-se à nuvem de explosão social.

A solução sairá deste embate, aqui simbolicamente representado?



Desta vez será mais difícil. Os revoltados são muitos, o desespero é grande e já perceberam que a factura está a ser apresentada ... às vítimas!
Será que o apregoado perigo de contágio se confina apenas ao ambito financeiro?
Ou será que a nuvem de explosão social grega também pode seguir as pisadas contaminadoras das poeiras vulcânicas islandesas?
O sistema capitalista adora aplicar vacinas para a sua própria sobrevivência.
Aguardemos qual a vacina que irão tentar em Atenas.
Ou já virá fora de prazo?

Perguntas sobre desporto e campeões


Furia do Cajado ajuda J. Sócrates a responder a pergunta do CDS no âmbito da Comissão de Inquérito.


Pergunta do CDS:

- Conhece o Dr. Rui Pedro Soares? Em que circunstâncias e como caracteriza o relacionamento com ele?


Considerando credíveis as escutas publicadas pelo Sol e não desmentidas, Rui Pedro Soares terá dito a Paulo Penedos:

- «O Sócrates perguntou-me se não era melhor correr com o Moniz antes da PT entrar.»


Assim, Sócrates poderá responder:

- Conheço o Dr. Rui Pedro Soares. Costumava correr com ele e com o Dr. Moniz.


Talvez não seja este o estilo mas o conteúdo das respostas de Sócrates não vão andar muito longe...

03/05/10

São todos trabalhadores

A manifestação do 1º de Maio, que termina na Alameda, é organizada pela CGTP, mas não tem registo notarial a comprovar a sua propriedade por quem quer que seja.

Nela compreende-se que sejam impedidos de entrar arruaceiros tipo PNR.

Não será o caso do Mayday.

O MayDay é uma protesto de trabalhadores/as precários/as que se realiza no 1º de Maio.


Desde 2007 que parte do Largo do Carmo e junta-se à manifestação da CGTP.

Correm porque têm pressa de rebentar com o precariado.

No Sabado, a PSP obedeceu célere a uma ordem proveniente de sector sectário da CGTP, no sentido de impedir que o Mayday entrasse para o recinto da festa na Alameda.

Porquê:

- Por terem palavras de ordem e atitudes não formatizadas?

- Por serem trabalhadores precários?

O sindicalismo de massas como Princípio previsto nos Estatutos da CGTP, não pode ser contrariado, por alguns, pela solidariedade, igualmente prevista nos mesmos Princípios.

E os Precários não devem lutar sozinhos,

Precários nos querem, rebeldes nos terão

mesmo que a rebeldia não seja muito bem vista por alguns.

01/05/10

Parece que não, mas ainda temos direitos


A saúde anda pela hora da morte.
Agarremo-nos com unhas e dentes ao que ainda nos pode valer, nomeadamente A Carta dos Direitos dos Utentes do Serviço Nacional de Saúde

http://www.setubalnarede.pt/content/index.php?action=articlesDetailFo&rec=12227

Contador

A revolta da chibata (ver primeiro post sobre o tema)

Loading...

O poder da mente

O poder da mente
Nós os iluminados

Arquivo do blogue

A vitória do Ponto e Vírgula

Ressuscitemos a célebre exclamação - "Isso agora, ponto e vírgula".
Esta frase de cariz popular, representava uma forma simbólica de dizer que levantava muitas objecções e exigia explicações a algo que lhe merecia desconfiança.
Regresse o "ponto e vírgula" como forma de dizer BASTA!

Apareçam sempre por aqui!

Na dita Madeira profunda

Na dita Madeira profunda
Bela homenagem (Março 2004)