30/07/11

Habituem-se à ideia

A Apple tem mais dinheiro disponível do que os Estados Unidos

Os países caminham para ficarem reduzidos a um conceito convencional e meramente tradicional.

A Apple e a Apple Pie são bons exemplos

29/07/11

VEJAM BEM

Vejam bem
Que não há
Só gaivotas
Em terra
Quando um homem
Se põe
A pensar



VEJAM BEM A QUE PONTO CHEGÁMOS E ...
PARA ONDE CAMINHAMOS
Na Madeira:
Cardoso Jardim e o seu médico pessoal, que tem um biscate de Presidente na ALR, foram apanhados a acumular ilegalmente pensões com remunerações pelo exercício de funções no sector  público.
Isto no pressuposto que Governo e Assembleia Legislativa Regional são sector público e não uma coutada particular do PSD/M.
Tudo bem, tudo em conformidade com o clima de perigosa irmandade vivida na Madeira.
Contudo, VEJAM BEM, o médico pessoal do Dr. Jardim quer é saber o nome dos funcionários da CGD que trataram do assunto !!!
À boa maneira jardinista!
No Continente:
BIC Portugal negoceia com o governo a compra do BPN, com ultimato da Troika para o fazerem até final do mês.
As negociações foram interrompidas porque o BIC não vê problemas se o negócio der lucro, mas, quer que o Estado acautele "eventuais problemas" que o negócio possa trazer para a instituição adquirente.
VEJAM BEM, é assim que o patronato quer "sobreviver" em Portugal, na onda das milagrosas parcerias público-privadas.
Já só falta facilitar despedimentos, passando as indemnizações para 10 dias por cada ano de trabalho. Mas 
esta medida não vai passar pela cabeça de ninguém ...


VEJAM BEM


QUE NÃO HÁ SÓ GAIVOTAS EM TERRA






O QUE FAZ FALTA É AVISAR A MALTA!

28/07/11

A irmandade madeirense

A irmandade seleccionada por Cardoso Jardim para governar a Madeira continua a fazer das suas ...
O seu Director do Fisco criou "off-shore" nas Ilhas Virgens com fins fraudulentos e intentos criminosos.

Foi Cardoso Jardim que escolheu a irmandade,
mas,
sejamos compreensivos,

PORQUE

Equilibrar apenas a exploração

Os cruzados da Troika chacinam sem dó nem piedade.

As indemnizações por despedimento vão passar de 30 dias por ano para 10 dias.
Argumento: - Alinhar com a média da União Europeia

A União Europeia onde a disparidade do salário mínimo vai de 123 Euros na Bulgária até 1758 Euros no Luxemburgo?


Filme dramático

1. Patrões recusam o pagamento de 1% para o fundo de indemnizações por despedimento.

2. Governo amigo, compensa os patrões com a descida da taxa social única, para os aliciar

3. Patrões reconhecidos, mas insaciáveis, reduzirão simultaneamente 1% nos vencimentos dos trabalhadores

4. Povão continua na praia.


27/07/11

LÓGICO


Entidades patronais consideram reunião com Governo positiva

Obviamente! Parece que tudo lhes corre de feição!

Fortuna dos mais ricos de Portugal aumenta 17,8 por cento ou seja, apenas num ano, os 25 mais ricos aumentam a sua fortuna em 17.4 milhões de euros

Aprenderam isto nas feiras?




Líder parlamentar do CDS admite que medidas do Governo vão provocar contestação social
Acrescenta que haverão protestos de forma organizada mas também espontânea.

Logo a seguir conclui que os portugueses vão entender a necessidade dessas medidas.

Estes portugueses são mesmo estúpidos! Compreendem as medidas, mas, mesmo assim, contestam ...

25/07/11

Vítor Gaspar diz que seria “irresponsável” abrandar aplicação do programa da troika


Mais perigoso é ultrapassá-lo pela direita


Um rapaz com sorte


Milhares de pessoas, repito pessoas, fogem do sul da Somália acossadas pela fome. As crianças mais frágeis são deixadas no caminho para poderem salvar as mais resistentes.
Parece que esta criança teve sorte ... Que ironia selvagem!

Se tem pressa ... passe ao largo!

De uma semana nos Açores, trouxe, entre várias coisas, 2 lembranças que partilho:
1ª - Uma gastroenterite do tamanho de uma vaca açoriana em vésperas de parir
2ª - A confirmação que a atitude de um povo no seu quotidiano pode ser condensada num tamanho A4. 

A pândega do jardim-espertismo

Cardoso Jardim passou o tempo a pandegar em Coimbra. Tudo bem, apenas desfalcava quem lhe pagava os "estudos".
Agora, o pandegar é mais perigoso, porque é feito à custa dos beneficiados e das vítimas da pândega.


"Ninguém toca nos direitos dos madeirenses" é a sua última pérola.
Só neste artigo, deixa cair alguma excrescência do seu elaborado raciocínio.
- "A pouca vergonha da Madeira Velha". Não esqueça Dr Jardim a Madeira Muito Velha, da qual usufruiu pela manápula do seu titio. Pouca vergonha será pouco para a classificar. Talvez nojo, lhe assente melhor...
- "... as empresas dos ingleses, que são tudo ladrões e corruptos". Que lata!
- "... têm um diário, é um panfleto, em que eles estão a gastar ali um dinheiro enorme para todos os dias nos enxovalhar". Que grande lata!
- "... porque a justiça deixa-os insultar e não vejo condenar a quem anda a fazer acusações graves que põem em causa a honra de cada um". Sem palavras!
- "... ponha por escrito e apresente as provas (referindo-se a acusações a políticos e empresários) ... aqui é que é covardia". Não, não é um monólogo!
- "... não tem tempo a perder com disparates" (referindo-se a José Seguro). Olhe que não parece!





Finalmente, a referência aos "direitos dos madeirenses".
Durante o fascismo, aprendemos que os portugueses se dividiam em de 1ª (Continentais), de 2ª (Insulares) e de 3ª ( Africanos).
Cardoso Jardim já tinha tempo de perceber que a divisão não se faz entre madeirenses e os outros.
A divisão faz-se entre exploradores e explorados. Entre gente séria e desonesta. Etc etc.


Mas Cardoso Jardim é o protótipo do espertalhaço. Não é de borla que diz estes disparates, atraindo sobre si as atenções.
Principalmente numa altura em que um dos seus governantes é acusado de fraude e branqueamento
Numa altura em que Cavaco Silva recebe uma queixa contra si, por incitamento à violência em data pré- eleitoral.

21/07/11

Para lembrar mais tarde



Irresponsabilidade!

É como os partidos pró-troika classificam a proposta de renegociação da dívida


Foi hoje, 21 Julho 2011

14/07/11

Pilhas não recarregáveis



Cardoso Jardim proíbe lacaios de receberem Comissão Nacional de Eleições.
E classifica, impunemente, a CNE de "bufaria" e "nova Pide".

Nem tribunais nem Presidente da República estão interessados em colocar a Madeira na área geográfica da decência democrática deste país. Já nem precisam das ameaças do espantalho independentista da Flama.
Mais tarde ou mais cedo, os madeirenses acordarão e rejeitarão o saco de cimento ou as gambas descascadas das inaugurações públicas.
Nessa altura, Cardoso Jardim fechará o circuito da sua vida política, regressando à casa de partida - a de bajulador de ditaduras.
A Banana a day keeps stress away

13/07/11

Barrigas de freira e caracóis à Jesus



O "meu" Benfica perdeu com uma equipa de mostarda.
Os seus dirigentes apostam na compra de jogadores em "banho-maria" para vender daqui por 4 ou 5 anos e tentam fazer uma maionese light misturando a banha do Cardoso e do Saviola com aquelas plumas que "jogam" a defesa direito.
Acho piada comprarem aqueles quilos de carne argentina, para, logo de seguida, os emprestarem a quem ainda anda à procura de saldos.
Finalmente, investe em olheiros por esse Mundo fora, seleccionam os mais interessantes e Pinto da Costa leva-os para o seu aviário!
Mário Wilson já dizia que não se fazem omeletas sem ovos.
Agora, quem gostar de escabeche de um "dia para o outro", terão de aparecer amanhã ... e amanhã ... e amanhã ...

12/07/11

A caminho da Grande Europa?

Que Alá me perdoe mas este cisma da Alemanha em purificar a zona euro, expurgando a Europa, mais desenvolvida e simultaneamente mais exploradora, das suas franjas PIIGS, faz-nos lembrar tempos trágicos da humanidade que tiveram berço na Alemanha.
Já disseram que trabalhávamos pouco.
Qualquer dia a troika impõe limitações à nossa procriação!

11/07/11

Tão só!




Privatização dos lucros nos anos anteriores à crise
Socialização dos prejuízos durante a crise.

Quem se resignar com isto, não passa de uma besta ... de carga!

08/07/11

Exercício de memória

 Para os navegantes com desejo de vento, a memória é um ponto de partida! - Eduardo Galeano


"Os primeiros soldados a entrar em Lisboa vinham cheios de dores nos pés, a coxear, exaustos e alguns tão fracos que tinham recrutado camponeses portugueses para lhes carregarem as armas" - invasões francesas


O absolutismo reinante em Portugal fugia para o Brasil com os seus tesouros e serviçais, incapaz de mobilizar forças para resistirem a este tipo de inimigo.


Quando o poder está divorciado dos interesses da população, é difícil mobilizá-la para as grandes e pequenas causas.
Não continuará este conceito a ter toda a actualidade?












06/07/11

Há multas para pagar e ... as outras

A PT e a ZON livram-se de pagar 53 milhões de euros de multa por abuso de posição dominante no mercado da banda larga.
O prazo da prescrição já terminou!










03/07/11

Solidão colectiva


Uma jaula
Com pessoas movimentando-se a diferentes ritmos, conforme o som que lhes entrava pelos "headphones".
Chamam-lhe "Silent Disco" e ... existe!

Contador

A revolta da chibata (ver primeiro post sobre o tema)

Loading...

O poder da mente

O poder da mente
Nós os iluminados

Arquivo do blogue

A vitória do Ponto e Vírgula

Ressuscitemos a célebre exclamação - "Isso agora, ponto e vírgula".
Esta frase de cariz popular, representava uma forma simbólica de dizer que levantava muitas objecções e exigia explicações a algo que lhe merecia desconfiança.
Regresse o "ponto e vírgula" como forma de dizer BASTA!

Apareçam sempre por aqui!

Na dita Madeira profunda

Na dita Madeira profunda
Bela homenagem (Março 2004)