29/04/11

Cardoso Jardim atolado na lama

Mais tarde ou mais cedo, tinha que acontecer.

Comentário no DN-Madeira:
Podem deixar lá o Jardim mas tragam o jeep !!! Serve para abater na dívida!


Contudo, há sempre uns fiéis, dispostos a ajudar...



Drama !!!



As televisões estão cheias com o arraial monumental do casamento do jovem que nasceu de um espermatozóide azul, o qual lhe vai dar direito a reinar num grande país da Europa em pleno séc XXI.
Por cá, foram buscar ao baú dos inúteis os melhores especialistas em etiqueta, para que alguns portugueses se babem e deixem escapar umas lágrimas de emoção.
Contudo, uma especialista levantou um sério problema:
- Os guardanapos serão colocados à francesa ou à inglesa, ou seja, à esquerda ou à direita?

Blog #253 - Hats 11

Amanhã, estará de regresso a monotonia.
- A quem será que a nossa "troika" vai dar um "voucher" para gerir o país?
- A que dá direito o referido "voucher"? Uma refeição de 1 euro por dia para alguns e "all inclusive" para outros?
- E se os indígenas à rasca forem buscar as catanas?

28/04/11

A outra unidade





Países especulados de todo o Mundo, uni-vos!

Os juros a 2 anos da Grécia já estão acima dos 26% !!!
A Grécia salva pelo FMI e companhia...

Em Portugal, com a troika dentro de casa e com os pés em cima da mesa, estamos a ser contemplados com os juros das obrigações do Tesouro a 2 anos a subir para perto dos 12%, três vezes acima do valor registado há um ano !!!

O pai da "flexisegurança", o presidente do Partido Socialista Europeu, mais do que insuspeito na "defesa" dos trabalhadores, já alertou que a troika vai desmantelar a protecção dos trabalhadores portugueses

Como era de esperar apontam as armas para os reformados, alegando que na Europa também não recebem subsídio de férias.
Na "sua" Europa a maioria dos reformados não está à espera do subsídio de férias para equilibrar as pequenas dívidas do semestre.
A explicação pode ser outra e quase sempre a mesma:
- Estão à vontade para roubar direitos aos reformados porque sabem que eles limitar-se-ão a definhar ainda mais. A sua capacidade reivindicativa não tem energia para chegar ao 1º andar do edifício do Ministério das Finanças...

26/04/11

E ninguém lhe parte a cara?

Miguel Sousa Tavares na SIC:


Otelo era apoiante do Estado Novo em 24 Abril, no 25 Abril apoiante da liberdade e no 26 de Abril  apoiante da revolução socialista 
Os homens que fizeram o 25 de Abril ... era o dever deles!!!


O dever deles, dos que tinham uma honra militar, que eram poucos, eram uma minoria, era revoltarem-se e derrubarem a ditadura


(...) O que eles lamentam é ter perdido o poder 

Pagam-lhe que nem um príncipe para fazer críticas de jagunço!

25/04/11

Novo 25 de Abril nas urnas

PARA NOS LIBERTAR DA TROIKA NACIONAL PS PSD CDS

PARA NOS LIBERTAR DA TROIKA INTERNACIONAL








23/04/11

CHEGA !!!!!!!!!!!!!!!!!

A nossa tragédia económica apareceu num fim de semana?

OU VEIO EM CRESCENDO NOS ÚLTIMOS ANOS?
O PSD quando entregou o poder a Sócrates não navegava alegremente em plena crise, apenas dissimulando os valores do "buraco"?
E PERANTE A TRAGÉDIA O PS NÃO ENTERRA MILHÕES
  EM BANCOS DE ESPECULADORES?
E sempre "a sair da crise" não rebolámos para o grupo dos indigentes da Europa?
E AGORA, COM A BÊNÇÃO DA DIREITA, NÃO VAMOS CANALIZAR PARTE DO
 EMPRÉSTIMO PARA A BANCA RESISTIR AO "STRESS"?

Os portugueses vão continuar a alimentar a ladainha do "esforço de todos" e do "sentido da responsabilidade?
VAMOS SEGUIR O EXEMPLO GREGO?  
(Austeridade extrema para pagar o empréstimo de 110 mil milhões e sair da crise .
 Resultado: - Desde que a Grécia pediu ajuda, os juros das 
obrigações do tesouro já subiram 72%, a economia
 em recessão e o desemprego a aumentar)


MAS...
HÁ OUTRAS SOLUÇÕES, PARA ALÉM DA DOLOROSA AUSTERIDADE PARA, NO FIM, ALCANÇARMOS A MISÉRIA?

SOLUÇÕES POLÍTICAS:
- A Direita e o PS a governar à Direita já provaram onde nos conduziram. A Esquerda, partidária e a representada pelas organizações que querem soluções de Esquerda, acreditam que é possível governar com os portugueses e não contra os portugueses. Com outros partidos e não contra os outros partidos.
SOLUÇÕES ECONÓMICAS:
- Não podemos pagar os juros dos empréstimos que nos querem impor. Sendo necessário um apoio de emergência, de liquidez, a curto prazo, a CGD devia recorrer ao Banco Central Europeu, como podem fazer os outros bancos.
- Renegociação imediata da dívida transgeracional dos contratos das Parcerias Público-Privadas com encargos desproporcionados para o Estado
- Dezenas ou centenas de medidas que nas últimas legislaturas foram chumbadas pela Direita no Parlamento e que respondem às dificuldades sectoriais do Portugal trabalhador
- É também urgente que os países vítimas da grande especulação internacional e aqueles que se irão seguir, concertem medidas conjuntas de enfrentamento drástico do assalto de que estão a ser vítimas.

CHEGA DE MAIS DO MESMO!                      




Muitos não se resignam - cada vez mais!

22/04/11

Duas bolas negras e uma bola de ouro

Os Coelhos da Páscoa recuperam "As Conversas em Família"


Otelo culpa o PCP pela sua detenção em 1984



Otelo também foi a despacho da "troika"?
(Precisávamos de um homem com a inteligência de Salazar)







Pedro Proença, árbitro de futebol:

- Pressões, eu? Pressões sofrem as famílias com salário mínimo!!!      

21/04/11

A verdadeira face do patriotismo dos banqueiros



Afinal a decisão dos banqueiros de não emprestar dinheiro ao Estado, para que este tomasse a decisão de ajoelhar perante o FMI e companhia, não era assim tão patriótica!!!

15/04/11

Uma amostra do que aí vem ...

ESCANDALOSO
É o termo ou a ideia que varre o Facebook sobre a notícia de topo da 1ª página do Correio da Manhã.

Na versão on-line é referido que se trata de promoções mais rápidas e ordenados mais altos para carreiras de topo dos funcionários da Assembleia da República.
Logo o PCP e o BE !!!!

Consultemos o diário das sessões do Parlamento:
1º - A proposta de alteração do Estatuto dos funcionários foi aprovada por unanimidade (onde foi o CM buscar a ideia de atribuir o odioso ao PCP e BE?)
2º - Dê-se uma olhadela pelo Projecto-lei aprovado:

Artigo 2.º
Observância de contenção orçamental

Na vigência da Lei n.º 55-A/2010, de 31 de Dezembro (Orçamento do Estado para 2011), e das demais disposições aplicáveis em matéria de contenção orçamental, do presente Estatuto não pode decorrer qualquer acréscimo de encargos para o Orçamento da Assembleia da República.

Artigo 95.º

Reposicionamento remuneratório

  1. Na transição para a categoria de base das novas carreiras, os funcionários parlamentares são reposicionados na posição a que corresponda o nível remuneratório igual à respectiva remuneração base actual.


PREPAREM-SE, VEM AÍ A CAMPANHA MAIS SUJA DE SEMPRE EM DEMOCRACIA!

14/04/11

A História de um regime a apagar-se




Ontem tivemos o privilégio de assistir à apresentação do livro Jardim, a Grande Fraude, do jornalista Ribeiro Cardoso, na Casa da Imprensa.
O autor confirmou que, na Madeira, continuam à procura de um local onde não lhes fechem a porta para apresentação do livro. Garantiu que, num hotel, num café ou na rua, o livro será apresentado até final do mês.
Ribeiro Cardoso agradece ao Dr. Jardim (directa ou indirectamente implicado) esta publicidade gratuita.

Com a devida vénia à editora e ao autor,  tomámos a liberdade de reproduzir um pequeno extracto, que nos diz directamente respeito.


13/04/11

Questionar as coisas

Os mercados têm muita influência, mas terão muito mais influência se não questionarmos as coisas entrevista de um Prémio Nobel da Economia à jornalista Márcia Rodrigues.
Um grupo de economistas de Coimbra já o fez. E apresentaram queixa na PGR. À semelhança de outros países.
É preciso que as pessoas questionem as receitas que lhe são servidas.

As agências de rating manipularam o mercado em favor dos especuladores que as controlam.
O FMI é uma instituição de solidariedade social para "ajudar" alguém? Eles próprios já disseram que no final do seu "mandato" Portugal será o único país em recessão. Mas o FMI partirá, com os respectivos lucros.
Solidariedade europeia? Ninguém sairá de cá sem ver o capital europeu lucrar com a nossa desgraça!
É preciso reforçar o empréstimo para que o Estado salve a banca nacional? A banca que andou a distribuir dividendos pelos seus accionistas como se vivêssemos tempos de abastança? A banca que depois vem pedir-nos juros incomportáveis, com o dinheiro do Estado?

É preciso questionarmos as coisas?
E depois partir para uma viagem de esperança e não para um filma de terror!

12/04/11

A ponta do iceberg

Embora seja apenas uma pequena amostra da tramóia do capitalismo selvagem, é altamente relevante para a análise do saque a que estão a sujeitar-nos.


Assine também a:
Petição «A Relevância das Agências de Rating e o Risco de Abuso de Posição Dominante»:
http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=denuncia 





Esperemos que para além da Espanha e dos Estados Unidos, outros países lhes caiam em cima. 



11/04/11

Comissão de Recepção ao FMI

Francamente!
Logo agora que estes bons samaritanos nos vinham ajudar desinteressadamente!

10/04/11

A grande fraude


Francisco Nobre, cabeça de lista por Lisboa nas listas do PSD !!!

Depois de pairar pela esquerda, incluindo o BE, caiu, para já, nos braços da direita.

Sinto a angústia daqueles que acreditaram nele. Aderentes do BE assumiram ter votado Nobre nas presidenciais. Que frustração e que revolta devem estar a sentir.

No Brasil existe um site denominado MONITOR DAS FRAUDES, para denúncias de golpes e outras fraudes.
Se existisse em Portugal, entregava-lhes o Fernando Nobre...

Discursos de Nobre nas presidenciais:
(repensar) a política fiscal em relação aos bancos que continuam a apresentar lucros impensáveis !!!
(...)estou contra o congelamento do salário mínimo, o congelamento das pensões, a redução de salários e a diminuição dos subsídios e dos apoios sociais !!!

Os mais pobres, os que já têm dificuldades em 
acordar todos os dias e encarar a realidade, sentem um desespero absoluto. Um 
desespero injusto porque deviam ser eles a ser salvaguardados e protegidos, mas 
são eles que mais vão sentir o aumento do IRS, o fim dos benefícios, o congelamento 
das reformas, o aumento do preço dos produtos básicos. 





Apoio a Greve Geral em nome da salvaguarda das necessidades básicas de 
milhões de portugueses que estão a ser humilhados e profundamente atingidos na sua dignidade de seres humanos.






FRAUDE!


E DAS GRANDES!



09/04/11

A Hiena Política



Oh Luís vê lá como é que fico ...
Fica melhor assim ... ou fica melhor assim?
Nós achamos que já não há assessor de imagem que te salve!


Acabou num governo a quem os bancos cortaram o crédito!
Terminou o mandato a pedir ajuda que sempre disse não ser necessária!



RI DE QUÊ ???!!!

08/04/11

Porque será?

A Editorial Caminho não consegue alugar uma sala no Funchal para o lançamento do livro "Jardim, a grande fraude".

Depois de devidamente combinado e agendado o lançamento numa sala do Hotel CS Madeira Atlantic, no Funchal, para o dia 12 de abril (próxima terça-feira), pelas 18 horas foram informados esta manhã, por parte de responsável do Hotel, da impossibilidade do aluguer da sala.

Realizaram diversos contactos para alugar uma sala na cidade do Funchal, os quais até à data se revelaram infrutíferos e levaram ao adiamento da apresentação.

Sugerimos o aterro do Funchal como local apropriado para o lançamento do livro!




07/04/11

O Prémio da Montanha e as 4 Metas Volantes

Oh Sr Engenheiro, já viu a resposta dos especuladores (juros da dívida) perante cada um dos seus PEC's.
Não tem pés nem cabeça atribuir as culpas à oposição, perante a resposta (nos termos habituais) ao PEC IV


06/04/11

Banqueiros ocupam Conselho de Ministros

 




Banqueiros decretam que Portugal deve pedir ajuda e fecham os bancos ao governo.
O papel do Estado resume-se a salvar a banca.
"Estamos aqui para que nos ajudem e não para ajudar".

Perante este estado selvagem da economia e perante a degradação política e social do país, regredimos na nossa História cerca de 37 anos, quando Salgueiro Maia convocava voluntários para derrubar o "Estado a que isto chegou".
Já aqui tinhamos defendido a necessidade de um governo de salvação da Democracia para a Madeira.
Apoiamos agora todos os esforços sérios para a Esquerda convencer os indecisos e os cépticos, que não estamos condenados a "votar útil" na Direita, seja ela assumida ou circunstancial.
A questão é bastante linear:
- BANQUEIROS À RASCA ou POVO À RASCA, a escolha é sua.

Contudo, o desafio passa pela apresentação de alternativa que vá para além de um somatório eleitoral, ou pós-eleitoral, de PCP e BE.
É preciso que uma mensagem sobrevoe Portugal a convocar a esperança.
É preciso que a nova mensagem traga abertura e não se limite a tentar absorver energias e a "iluminar-lhes" o caminho.
É igualmente fundamental que a esmagadora maioria dos que estão À RASCA tenham voz e assumam opções.
COMPROMETAM-SE POR UMA MUDANÇA RADICAL NA SOCIEDADE PORTUGUESA, EM NOME DO VOSSO FUTURO!

Contador

A revolta da chibata (ver primeiro post sobre o tema)

Loading...

O poder da mente

O poder da mente
Nós os iluminados

Arquivo do blogue

A vitória do Ponto e Vírgula

Ressuscitemos a célebre exclamação - "Isso agora, ponto e vírgula".
Esta frase de cariz popular, representava uma forma simbólica de dizer que levantava muitas objecções e exigia explicações a algo que lhe merecia desconfiança.
Regresse o "ponto e vírgula" como forma de dizer BASTA!

Apareçam sempre por aqui!

Na dita Madeira profunda

Na dita Madeira profunda
Bela homenagem (Março 2004)