31/03/10

Che Belmiro


"Para se ter uma sociedade coesa, os trabalhadores têm de ser bem tratados, não se podem explorar".
"Não há nenhum empresário sério que se reveja nas associações patronais".

Belmiro de Azevedo, este revolucionário do carago, fica-se pelas palavras...


O seu Continente, é apenas a cadeia nacional com piores políticas de responsabilidade social. Nem sequer se digna a responder aos questionários da Deco.


  • As preocupações com as condições de trabalho nos países fornecedores dos seus produtos, são nulas ( no Equador 30 mil crianças trabalham nas plantações de bananas)

  • As pressões dos empregados de Belmiro de Azevedo sobre os seus fornecedores de produtos frescos e marcas próprias, força-os a promover contratos sazonais, exploração de emigrantes ilegais, trabalho infantil e marginalização de pequenos produtores.

  • Reduzida sensibilidade à promoção de produtos do comércio justo e completa ausência de critérios de selecção para contratar fornecedores que respeitem as directrizes da Organização Internacional de Trabalho.

Num inquérito a nível europeu, cerca de 89% dos portugueses demonstravam intenção de comprar produtos de "empresas responsáveis".


Os Belmiros deste mundo riem-se das intenções, é preciso passar aos actos!

30/03/10

De regresso

Furia do Cajado esteve uma semana fechado para ... balanço.

Um balanço francamente diferente daquele sofrido pelos que andam no mar. Como por exemplo, pelos seres humanos (antigamente eram só homens) embarcados na corveta António Enes no passado mês de Fevereiro (foto roubada à Voz da Abita) (agradecimento ao autor Nelson Vitorino a publicação desta foto)
E para aquém da linha de costa, algo de novo?
Tudo continua a navegar em águas mansas:
- Enfermeiros comunicam êxito retumbante da greve e o governo nega
- PS defende o último reduto de Sócrates, argumentando que o PSD também fez as mesmas patifarias, o que transforma uma derrota num empate ...
- Um pelotão de gestores portugueses ganhou entre 2 e 8 vezes mais do que Obama em 2009
Enfim, nada de novo...

20/03/10

Manuel Alegre vai descer de Bragança



Para tibiezas e meias-palavras já lá temos o actual PR.


Este candidato que passou por Bragança é o meu candidato. Criticou o que tinha de criticar e começa a deixar claras as suas opções.

É evidente que MA sabe que o PS está dividido e fez o discurso que muitos socialistas não podem fazer.

Também é evidente que não podemos esperar dele o reconhecimento que errou quando apoiou Sócrates nas legislativas. A verdade é que tudo isto que critica, também tem a sua responsabilidade. Quando apoiou Sócrates não devia ter ilusões sobre as opções do futuro governo.


Esperemos pelo próximo número.

Senhores coisos

Jaime Gama põe Secretário de Estado da Educação de castigo


19/03/10

Dia de PEC

PEC! PEC! e o Benfica deu finalmente descanso à odiada mão de Vata.

PEC! PEC! PEC! PEC! PEC! de outros tantos ministros sobre a firma Sócrates dos Santos, que acumula cada vez mais adversários internos, de nada lhe valendo a benção do insensível FMI e do umbiguista Durão Barroso.

PEC! Um grande estoiro na bancada parlamentar socialista, com os deputados do partido divididos pelo PEC; quando Francisco Assis diz « ter ouvido perspectivas diferentes quanto a aspectos de pormenor do documento», isto quer dizer que a reunião do grupo parlamentar terá sido semelhante à serena troca de pontos de vista da Juve Leo com a claque do A. Madrid.


Enfim, nada que nova digressão de J. Sócrates pelas capelinhas socialistas espalhadas pelo país não possa ultrapassar.

Mas, por este andar, o melhor é tirar um passe para o referido circuito ...

16/03/10

2020 - Subterrâneos de Belém


Mandaram-me práqui para tomar conta dos processos do Sr. Presidente da República José Sócrates

15/03/10

A direita verga-se aos tiranetes


O tiranete do Funchal - artigo de João César das Neves a tentar provar que o tiranete não existe como tal.

Saindo do ambito da sua "Igreja" de seguidores locais, o grupo de aduladores de Cardoso Jardim começa a afunilar:
- Com portas escancaradas no Diabo, confunde-se com ele (o jornal, é claro)
- João César das Neves, o cronista de extrema direita que compara homosexualidade com racismo
- Também é verdade que existe o Jaime Gama, mas esse, deixando no armário as suas responsabilidades parlamentares, prestou-se a fazer de caixeiro-viajante de Sócrates.

Da crónica de João César das Neves, salva-se a veracidade do título e o comentário de um leitor:
- Nunca vi uma crónica na minha vida com tantas contradições,você decida-se pois o que li de uma ponta a outra da sua escrita não me esclareceu em nada. Não é mafioso,mas tem muitos poderes instalados,a culpa não foi das obras,embora a falta de ordenamento existente,é a região mais rica,mas gasta dinheiros muito mal gastos e é muito bem gerida,diga-me qual a coerencia disto tudo

14/03/10

Faites vous jeux


Os dados estão lançados.

As presidenciais já começaram e pouco importa se há candidatos, pré-candidatos ou hipóteses de candidatos.


As empresas de sondagens deixam a letargia do defeso eleitoral e reiniciam a tarefa principal de dar de comer aos seus filhos e de nos adormecer o raciocínio.


Cavaco Silva 57%

Manuel Alegre 18%

Fernando Nobre 8%


Vamos guardar estes valores e iremos compará-los com os resultados reais da eleição.

Esperamos surpresas e a maior será a confirmação destas previsões.


Cavaco Silva - a direita conservadora, a conjuntura actual, a gravata, o calculismo e o poeta do óbvio.


Manuel Alegre - a esquerda histórica, o seu PS, algum PS, o idealismo, o poeta de timbre e o Eu, o Eu e o Eu.


Fernando Nobre - a esquerda supra-partidária, a obra, o rei, a falta de aparelho, o equilibrista e daí?


O casino está aberto!

11/03/10

Money for the boys

Estes gajos têm cá uma lata!!!!

09/03/10

Azares

Foto acabadinha de chegar do Funchal
Em terra onde há mais papagaios da Amazónia do que verdadeira liberdade de expressão, o que significará esta mensagem cifrada?

Um sentido lamento pela catástrofe natural, embora retocada pelo Homem, a qual, como na maior parte do mundo, colhe sempre os mais socialmente frágeis?

Ou, recuando mais no tempo, uma mensagem de reflexão sobre o período em que as obras do regime esconderam problemas e desequilíbrios sociais, atrás de um biombo de "protegidos indígenas" e de "basbaques continentais"?



Sócrates ataca novamente


O Programa dito de Estabilidade e dito de Crescimento vem assumir que até 2013 vai ser um bico de obra sobrevivermos (sobrevivermos é o termo para designar a média entre os que vão enriquecer mais e os que vão morrer pelo agravamento das condições mais precárias).


Vá lá, são só 3 anos.


A má notícia é que depois de 2013 os encargos do Estado vão agravar-se pelo adiamento anunciado das grandes obras públicas, nomeadamente do TGV. Logo ...


A boa notícia é que vamos ser menos em 2014.

O Estado vai pagar menos à Segurança Social, uma vez que o PEC apontou as baterias aos pensionistas e estes não deixarão de cumprir a sua quota-parte neste Programa, finando-se delicadamente.

Também entre 1.5 milhões de famílias atingidas, pode ser que o bom senso impere e os leve a emigrar para Marrocos, Senegal, Guiné e outros espaços de habitual fluxo migratório contrário.


Com Sócrates tudo pode acontecer. Até ser ilibado das malditas cabalas!

08/03/10

Consciência feminista


Hoje é um dia para pensar na luta das mulheres.

José Sócrates vai falar hoje às 20:00 sobre o Programa de Estabilidade e Crescimento. Entre coisas decentes e indecentes que dirá, algumas virão sacrificar mais as mulheres trabalhadoras.
Por isso mesmo, em Portugal, a luta das mulheres continua na ordem do dia.

Realçamos o papel relevante da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta, a quem, neste dia, prestamos a nossa homenagem.

Integra a Coordenação Nacional da Marcha Mundial das Mulheres, uma rede anticapitalista e antipatriarcal em plena expansão.


Aproximam-se as 20 horas. Já se vislumbra ao longe o nosso 1º Ministro com o machado na mão. Mais sonhos vão ser decapitados. As mulheres desta vez estão na linha da frente ...

06/03/10

Porque hoje é Sábado

Finalmente, começamos a estar todos de acordo



Outras vezes são as Agências de Comunicação que se degladiam no lançamento dos seus "produtos"


A BOLA

RECORD



05/03/10

Igreja do PSD em Chamas


Sentemo-nos calmamente na bancada e assistamos a mais um acto de imolação do PSD.


Aguiar-Branco disse que Paulo Rangel usa a estratégia de vitimização do líder do PS

O eurodeputado (Paulo Rangel) violou um acordo aprovado pelo Conselho Nacional do partido - Aguiar-Branco

Rangel insurgiu-se contra a tentativa de criar militantes de primeira e de segunda.

A confusão doutrinária dentro do PSD é total e foi por isso que eu defendi um congresso, não foi para aquelas alminhas andarem a brincar às facções eleitorais. (PSD) é cada vez menos o meu partido.- Jardim

Ninguém no país percebeu ainda o que é que o PSD está a negociar com o governo - Passos Coelho

02/03/10

Os novos garimpeiros



Ei-los, os novos garimpeiros.
Ávidos de ouro, provenientes da desgraça alheia.
Atacam às claras, mas também fazem "domicílios",
As desgraças envergonhadas até agradecem.

Espalharam-se pela cidade,
são as novas igrejas,
amam os pobres,
nem cobram avaliações.

Os novos garimpeiros chegam de Mercedes,
mas trabalham de lupa.
Fazem projectos pra dilatar o negócio
Talvez uma funerária,
fica completa a linha de desmontagem





Sócrates no Jardim das virgens

Afinal Cardoso Jardim tinha razão quando fez a acusação de haver um aproveitamento político da desgraça madeirense.

1º Aproveitamento
Jardim já percebeu que os madeirenses reagiram bem à solidariedade nacional e será melhor cavalgar a onda:

«Portugal é tão grande e o nosso coração é tão grande, então porque é que andámos a perder tanto tempo?»

Boa pergunta de quem andava a envenenar os madeirenses com as histórias dos cubanos.

2º Aproveitamento
Quem supunha ouvir isto antes da catástrofe:
-"Muito obrigada ao senhor presidente do Governo Regional" - Sócrates
-"Ora essa, nós é que temos de agradecer" - Jardim
-"Foi um gosto poder trabalhar convosco" - verga-se Sócrates
-"Quem tem de agradecer somos nós" - protesta Jardim


Consenso e convergência foram as cumplicidades trocadas e acompanhadas de um indisfarçado rubor nas faces destas impolutas virgens.

Atrapalharam-se a retirar dividendos políticos.

Foi precisa tanta desgraça para concluirem que somos o mesmo país e o mesmo povo?

Contador

A revolta da chibata (ver primeiro post sobre o tema)

Loading...

O poder da mente

O poder da mente
Nós os iluminados

Arquivo do blogue

A vitória do Ponto e Vírgula

Ressuscitemos a célebre exclamação - "Isso agora, ponto e vírgula".
Esta frase de cariz popular, representava uma forma simbólica de dizer que levantava muitas objecções e exigia explicações a algo que lhe merecia desconfiança.
Regresse o "ponto e vírgula" como forma de dizer BASTA!

Apareçam sempre por aqui!

Na dita Madeira profunda

Na dita Madeira profunda
Bela homenagem (Março 2004)