07/01/15

Recta final

O Fúria do Cajado não merece definhar.
Deve morrer de pé, a distribuir cajadadas.

Criado em 2007, publicou 2123 mensagens. A missão não está cumprida, muda apenas de cenário. Trata-se, afinal, de uma adaptação a outras formas de chegar a quem quer discutir ideias connosco.
O Fúria do Cajado foi um instrumento, mas, enquanto houver corrupção e exploração, a musica será a mesma, muda apenas de instrumento.

Para um encerramento condigno, dedicaremos três pérolas finais a protagonistas habituais deste blogue (Paulo Portas e Jardim) e a um novo-velho protagonista da politica madeirense (Albuquerque).

Aguardem, já foram buscar os condenados!


Sem comentários:

Contador

A revolta da chibata (ver primeiro post sobre o tema)

Loading...

O poder da mente

O poder da mente
Nós os iluminados

Arquivo do blogue

A vitória do Ponto e Vírgula

Ressuscitemos a célebre exclamação - "Isso agora, ponto e vírgula".
Esta frase de cariz popular, representava uma forma simbólica de dizer que levantava muitas objecções e exigia explicações a algo que lhe merecia desconfiança.
Regresse o "ponto e vírgula" como forma de dizer BASTA!

Apareçam sempre por aqui!

Na dita Madeira profunda

Na dita Madeira profunda
Bela homenagem (Março 2004)