15/10/14

Impunidades

As regras deste aldeamento estipulam que apenas são permitidos os cortes dos pinheiros necessários para a construção da moradia.
Contudo, proliferam cortes, mesmo sem estar prevista construção.
Pior ainda, alguns moradores insatisfeitos por cortar os próprios pinheiros, vão também mandar cortar as árvores dos vizinhos.
Há entidades fiscalizadoras? Há.
Actuam? Não.
Então para que servem? Para haver entidades fiscalizadoras 

ANTES
(Av Reserva Natural do Estuario do Tejo, 66, Verdizela) 


DEPOIS


ANTES
(Av Reserva Natural do Estuario do Tejo, 70, Verdizela)


DEPOIS


No mesmo dia, os pinheiros que circundam a moradia localizada no nº 68 foram cortados.

Sem comentários:

Contador

A revolta da chibata (ver primeiro post sobre o tema)

Loading...

O poder da mente

O poder da mente
Nós os iluminados

Arquivo do blogue

A vitória do Ponto e Vírgula

Ressuscitemos a célebre exclamação - "Isso agora, ponto e vírgula".
Esta frase de cariz popular, representava uma forma simbólica de dizer que levantava muitas objecções e exigia explicações a algo que lhe merecia desconfiança.
Regresse o "ponto e vírgula" como forma de dizer BASTA!

Apareçam sempre por aqui!

Na dita Madeira profunda

Na dita Madeira profunda
Bela homenagem (Março 2004)